Linha de costa em situação de erosão

A ficha temática “Linha de costa em situação de erosão” avalia a extensão de linha de costa em litoral baixo e arenoso sujeita a erosão/recuo.

Descrição: 

A erosão costeira consiste na remoção e arrastamento dos sedimentos das praias e dunas por ação conjugada de fatores de forçamento oceanográfico (i.e. ondas, correntes e marés), traduzindo-se no recuo da linha de costa, e consequente perda de território.

A erosão costeira pode ocorrer em horizontes temporais curtos (e.g. recuo instantâneo associado a temporais), dependente da variabilidade sazonal, ou em períodos de tempo mais longos, à escala inter-anual ou da década.

As causas da erosão costeira são múltiplas, de origem natural ou antrópica, destacando-se a diminuição do volume de sedimentos fornecidos ao litoral, a presença de obras de engenharia costeira pesada e a subida do nível médio do mar.

Para cálculo do indicador consideram-se os troços de litoral baixo e arenoso sujeitos a erosão costeira, com tendência de recuo da linha de costa medida ou erosão comprovada.

O indicador é expresso em extensão (km lineares) de linha de costa em situação crítica de erosão.

Este indicador diz respeito a Portugal continental e será atualizado anualmente.

Objetivos e Metas: 

Os novos Programas da Orla Costeira e o Programa de Monitorização da Faixa Costeira de Portugal Continental (COSMO) (que se prevê iniciar no início de 2017) têm como um dos seus objetivos atualizar e pormenorizar a informação relativa à evolução da linha de costa, designadamente a identificação das áreas sujeitas a erosão costeira e a quantificação do recuo observado.

Com os resultados obtidos pretende-se identificar e monitorizar regularmente a totalidade dos locais sujeitos a erosão costeira e com recuo observado da linha de costa em litoral baixo e arenoso.

Estes dados são fundamentais para definição de tendências evolutivas em contexto de alteração climática, bem como para a tomada de decisão aos vários níveis e nos diversos âmbitos.

Análise da evolução:

O indicador tem por base os dados de evolução/recuo da linha de costa já existentes, designadamente estudos internos inéditos da Agência Portuguesa do Ambiente, Estudos de Caraterização dos Programas da Orla Costeira, publicações técnicas e científicas da especialidade e teses de Mestrado e Doutoramento. Futuramente esta informação será atualizada com os dados do Programa de Monitorização da Faixa Costeira de Portugal Continental (COSMO).

Última atualização: 
07 August 2017