Índice de Qualidade do Ar

O “Índice da Qualidade do Ar” expressa através de uma classificação simples e percetível o estado da qualidade do ar ambiente no território nacional segundo a utilização de uma escala de cores.
Descrição: 

O índice de qualidade do ar (IQAr) é determinado diariamente e disponibilizado ao público pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), tendo por base a informação obtida nas estações de qualidade do ar, geridas pelas Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) no continente e pelas Direções Regionais do Ambiente (DRAs) nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

O cálculo é efetuado tendo por base as médias aritméticas dos poluentes dióxido de azoto (NO2), ozono (O3) e partículas PM10 (partículas de diâmetro igual ou inferior a 10 µm), podendo incluir, quando disponíveis, os poluentes CO e SO2. A classificação do IQAr divide-se em 5 classes, associadas a uma escala de cores, de "Muito Bom" a "Mau", sendo o pior resultado obtido para cada uma zonas e aglomerações urbanas do País, o que vai determinar a classificação qualitativa do indicador.

A informação proveniente do índice é de grande relevância, por permitir de uma forma fácil e compreensível o conhecimento do estado da qualidade do ar e face aos seus resultados adequar comportamentos e ações no sentido da proteção da saúde humana, especialmente dos grupos mais sensíveis da população.

Esta ficha temática diz respeito a Portugal continental, Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores e será atualizada anualmente.

Objetivos e Metas: 
  • Garantir o cumprimento dos objetivos estabelecidos, tanto a nível comunitário como nacional, em termos de qualidade do ar ambiente, os quais visam evitar, prevenir ou limitar efeitos nocivos dos diferentes poluentes atmosféricos na saúde humana e no ambiente;
  • Avaliar a qualidade do ar ambiente em todo o território nacional;
  • Aumentar o número de dias do ano em que o índice de qualidade do ar é classificado como "Muito bom" ou "Bom" e, por sua vez, diminuir o número de dias do ano em que é "Médio", "Fraco" ou "Mau";
  • Promover e melhorar o acesso do público à informação sobre o estado da qualidade do ar e suas consequências na saúde.
Análise da evolução:
Última atualização: 
Segunda, 4 Junho, 2018